Segunda Parcela do Auxílio Emergencial – Atualizado!

A segunda parcela do Auxílio Emergencial logo estará disponível nas contas de milhares de brasileiros.

Visando minimizar todos os possíveis efeitos econômicos da pandemia do COVID-19, o Governo Federal lançou um Auxílio Emergencial.

Publicidade

O principal objetivo foi reter até 8,5 milhões de empregos, beneficiando cerca de 24,5 milhões de trabalhadores.

Uma das medidas a serem alcançadas foi reduzir os impactos sociais relacionados a pandemia.

Confira a seguir mais sobre quem tem direito ao benefício e as datas relacionadas a segunda parcela do Auxílio Emergencial.

Auxílio Emergencial Negado – Como resolver?

Auxílio Emergencial para trabalhadores

O programa previu a concessão do Auxílio Emergencial aos trabalhadores com horas reduzidas ou contratos suspensos.

Publicidade

Também como ajuda de emergência aos trabalhadores intermitentes com contrato formal de trabalho.

Financiada pelo Governo Federal, o Auxílio Emergencial está sendo pago independentemente da duração do período de contrato.

Também da duração do emprego ou do número de salários recebidos. Sobretudo, o investimento total foi estimado em até R$ 51,2 bilhões.

De acordo com o Ministério do Trabalho, sem essas medidas, muitos brasileiros poderiam perder seus empregos.

Publicidade

No caso aqueles que solicitariam seguro-desemprego e os outros restantes teriam de procurar benefícios sociais para sobreviver.

segunda parcela do auxílio emergencial

Nos casos de suspensão de contrato de trabalho em empresas cuja a renda anual bruta seja inferior a 4,8 milhões de reais.

O valor do seguro-desemprego está sendo pago integralmente ao trabalhador.

As empresas cuja a receita anual bruta seja superior a 4,8 milhões de reais devem manter o pagamento de 30% da remuneração dos empregados.

Estes também receberão o benefício de emergência no valor de 70% do benefício.

No entanto, durante o período de suspensão, o funcionário não pode continuar trabalhando para o empregador.

Até mesmo parcialmente, por teletrabalho, ou seja, trabalhando remotamente.

Contudo, o funcionário continuará a ter a garantia provisória no cargo durante o período de suspensão e após a restauração do horário de trabalho por um período equivalente.

Segunda Parcela do Auxílio Emergencial

Este Auxílio Emergencial foi concedido no primeiro mês a trabalhadores intermitentes formalizados até a publicação da medida provisória.

O Auxílio Emergencial pago é de 600 reais por mês e pode ser concedido por um período máximo de 90 dias.

Além disso, estima-se que até o final do programa, ele alcançará 143 mil trabalhadores.

Então, confira o calendário para beneficiários inscritos no aplicativo do Auxílio Emergencial ou website.

Calendário Atualizado – Auxílio Emergencial – Segunda Parcela

Depois de uma longa demora na divulgação das datas de pagamento, o governo anunciou o calendário atualizado do auxílio emergencial.

Os pagamentos começam no dia 18/05 e irão até o dia 13/06.

Confira agora os dias de pagamento do seu auxílio emergencial para a segunda parcela. Os primeiros a receber serão os beneficiários do bolsa família.

Beneficiários do bolsa família
DATA – PREVISTA REQUISITO
18/05 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 1
19/05 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 2
20/05 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 3
21/05 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 4
22/05 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 5
25/05 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 6
26/05 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 7
27/05 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 8
28/05 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 9
29/05 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 0

1º Ciclo – Quem recebeu a Primeira Parcela em junho

Em seguida, para os que receberão pela poupança social do 1º ciclo de pagamentos de quem recebeu a primeira parcela em junho.

Estes valores serão depositados na conta digital, porém não poderão ser sacados em dinheiro.

Poupança Social para uso digital
DATA – PREVISTA MÊS DE ANIVERSÁRIO
22/07 Janeiro
24/07 Fevereiro
29/07 Março
31/07 Abril
05/08 Maio
07/08 Junho
12/08 Julho
14/08 Agosto
17/08 Setembro
19/08 Outubro
21/08 Novembro
26/08 Dezembro

Para quem recebeu o auxílio pela poupança digital na Caixa poderá fazer o saque a partir do dia 30/05.

Conforme o recebimento do depósito e afim de evitar aglomerações nas agências, os beneficiários poderão fazer o saque da poupança social nas seguintes datas:

Calendário de Saques e Transferência
DATA – PREVISTA MÊS DE ANIVERSÁRIO
25/07 Janeiro
01/08 Fevereiro
01/08 Março
08/08 Abril
13/08 Maio
22/08 Junho
27/08 Julho
01/09 Agosto
05/09 Setembro
12/09 Outubro
12/09 Novembro
17/09 Dezembro

2º Ciclo – Quem solicitou o Auxílio Emergencial entre 17/06 a 04/07

Poupança Social para uso digital
DATA – PREVISTA MÊS DE ANIVERSÁRIO
28/08 Janeiro
02/09 Fevereiro
04/09 Março
09/09 Abril
11/09 Maio
16/09 Junho
18/09 Julho
23/09 Agosto
25/09 Setembro
28/09 Outubro
28/09 Novembro
30/09 Dezembro

Na opção para saques e transferências é preciso ficar atento quanto as seguintes definições:

Calendário de Saques e Transferência
DATA – PREVISTA MÊS DE ANIVERSÁRIO
19/09 Janeiro
22/09 Fevereiro
29/09 Março
01/10 Abril
03/10 Maio
06/10 Junho
08/10 Julho
13/10 Agosto
15/10 Setembro
20/10 Outubro
22/10 Novembro
27/10 Dezembro

 Como fazer o Saque?

Poderá ser feito nos caixas eletrônicos e casas lotéricas de todo o Brasil. Isso, sem a necessidade de usar um cartão.

Contudo, é solicitar a retirada por meio do aplicativo Caixa.

Porém na Terceira parcela será pelo tempo hábil de planejamento e possui um calendário definido.

CPF Irregular?? Veja como Regularizar seu CPF por Email!