Confira quais são os prazos de carência INSS!

Entenda melhor tudo sobre a carência INSS, este conteúdo vai explanar todos os pontos.

Dos mais importantes aspectos do INSS, como funciona o processo de carência INSS, bem como demais auxílios e aposentadorias.

Publicidade

Saiba consultar a Tabela de Pagamento INSS 2020

O que é a carência INSS?

Alguns dos serviços disponíveis, dependem de um certo período definido.

Um exemplo disso são planos de saúde, em alguns casos, ao utilizar os procedimentos de parto ou cirurgia, devemos esperar um prazo de liberação.

Na carência do INSS não é diferente, o procedimento é o mesmo.

Sendo assim, esse é um dos requisitos exigidos em muitos benefícios previdenciários.

Publicidade

Sobretudo, sendo um número mínimo de dias conhecidos como competências a serem pagas ao INSS, garantindo o contribuinte ter acesso aos benefícios.

Mas muitos não compreendem a diferença entre a carência, o benefício do INSS e o tempo de contribuição.

Portanto, veja a seguir mais sobre esses detalhes:

  • A carência do INSS vai se referir ao número de dias pagos nos quais o contribuinte pode usufruir de todos os seus direitos;
  • O tempo de Contribuição diz respeito aos requisitos ao adquirir a sua aposentadoria. Sendo necessário o contribuinte provar suas contribuições no INSS.

Com funciona a carência INSS?

Como citado anteriormente, a carência INSS, corresponde ao prazo de liberação dos benefícios ao contribuinte.

Publicidade

No entanto, o tempo contribuinte não é o mesmo a todos os benefícios.

Para um maior entendimento, sugerimos acompanhar todos os detalhes na tabela de carência do INSS.

carência inss

Carência INSS do Seguro Desemprego

O trabalhador só vai ter direito ao benefício se for dispensado sem justa causa.

Aliás, veja o que é preciso comprovar nessa solicitação:

  • Em sua primeira solicitação é necessário comprovar a remuneração de ao menos 12 nos últimos 18 meses antes de ser dispensado;
  • Na segunda solicitação comprovar o recebimento de ao menos 9 nos últimos 12 meses, antes de sua dispensa;
  • Já na terceira solicitação é preciso comprovar ter recebido salário ao menos 6 meses antes de ser dispensado.

Quais doenças são isentadas de carência?

No caso do auxílio doença ou aposentadoria por invalidez, muitas doenças estão isentas da carência do INSS.

Sendo assim, podemos citar abaixo algumas dessas patologias:

  • Tuberculose Ativa;
  • Hanseníase;
  • Espondiloartrose Anquilosante;
  • Cegueira;
  • Cardiopatia Grave;
  • Paralisia Irreversível e Incapacitante;
  • Alienação Mental;
  • Parkinson;
  • Paralisia Irreversível e Incapacitante;
  • Neoplasia Maligna;
  • Hepatopatia grave;
  • Síndrome da Deficiência Imunológica Adquirida-Aids;
  • Contaminação por radiação;
  • Nefropatia Grave;
  • Osteíte Deformante.

Período de carência de aposentadoria

A aposentadoria por Invalidez é assegurada aos trabalhadores, no qual estejam incapacitados de trabalhar.

A carência exigida desse benefício é de doze meses, o benefício também pode ser isento de carência em determinadas circunstâncias.

Entretanto a aposentadoria de contribuição é um benefício a aqueles que atingiram o prazo necessário de contribuição à Previdência Social.

A modalidade dessa carência é de 15 anos, sendo necessário os homens terem 35 anos e as mulheres 30 anos de contribuições.

A aposentadoria especial é um benefício ao trabalhador atuante em uma área ou ambiente de trabalho exposto a agentes nocivos.

Ou seja, os quais apresentam riscos à sua saúde e o tempo de carência exigido nesta modalidade é de 15 anos.

Aqui também é necessário cumprir um período mínimo em atividade especial.

Sendo assim, aproximadamente 15, 20 ou 25 anos dependendo de qual o agente de risco o trabalhador esteve exposto.

Saiba tudo sobre o Décimo Terceiro! Tire suas dúvidas!