Descubra AGORA se você tem Valores a Receber do Banco Central!

Publicidade
Compartilhe com seus amigos e familiares:

Você já consultou o saldo dos Valores a Receber do Banco Central? Não sabe se tem direito? Veja aqui todas as etapas para consultar e sacar o dinheiro.

Quem realizou nos últimos anos transações financeiras precisa conferir se ficou alguma quantia retida.

Publicidade

O Banco Central disponibilizou o Sistema Valores a Receber justamente para isso, o cidadão faz a consulta e se tiver saldo, vai recebê-lo em até 12 dias úteis.

Para usar o serviço você precisa ter acesso a internet e uma conta Gov.br.

Entenda mais a seguir, nesse artigo sobre os Valores a Receber do Banco Central.

Valores a Receber do Banco Central: Será que tenho direito?

Inicialmente, é preciso dizer que o Valores a Receber do Banco Central dividiu a consulta em duas fases.

Receba novidades em seu e-mail!


Em um primeiro momento apenas algumas transações são analisadas e a partir de maio a verificação é ampliada e outras pessoas podem ter direito ao resgate.

Nessa primeira etapa contempla as seguintes situações:

  • Saldos esquecidos em contas bancárias (corrente ou poupança)
  • Não retirada de quantias após final do grupo de consórcio
  • Tarifas e parcelas cobradas de maneira irregular (de acordo com termos estabelecidos pelo BC)
  • Rateios ou cotas de capital de quem participou de cooperativas de crédito.

Essas são transações bem peculiares, mas, basta acessar o site oficial do valores a receber para saber se tem saldo, veja como fazer:

  1. Siga ao portal
  2. No “Passo 1” tem em destaque “consulta”, clique
  3. Se for pessoa física você deve informar seu CPF e data de nascimento. Empresas também podem fazer a pesquisa, neste caso se digita o CNPJ e data da formalização do cadastro de pessoa jurídica
  4. Aperte “Consultar”.

A resposta pode ser duas: sim, você tem direito ou não tem saldo existente.

No segundo caso, a mensagem indicará nova consulta no dia 02/05/2022.

Se tiver dinheiro para resgatar, uma data é agendada, neste dia você retorna ao site e completa o processo.

Você só poderá reaver a quantia disponível se seu CPF ou CNPJ estiver sem restrições, assim, confira a sua situação fiscal para não ficar com o valor bloqueado.

valores a receber do banco central

Como posso acessar a plataforma?

Você conferiu acima o site oficial do valores a receber, só existirá esse acesso e mais nenhum outro, se alguém enviar qualquer outro link, não entre, pode ser fraude.

Por outro lado, se você fez a consulta e retornou na data agendada, veja como acessar a plataforma e solicitar o saque:

  1. Faça nova pesquisa no www.valoresareceber.bcb.gov.br
  2. Clique no botão azul “Acessar Valores a Receber”
  3. Entre na página usando sua senha Gov.br
  4. Agora é necessário confirmar que leu os termos e os aceitou
  5. Já na página do SVR você tem acesso ao saldo total para retirar, bem como suas origens
  6. Clique numa das opções “Solicitar por Aqui” ou “Solicitar via Instituição”.

Para você entender, o primeiro botão indica que seu dinheiro será enviado, em até 12 dias úteis via Pix.

Mas, a segunda opção é preciso que você entre em contato com a instituição, assim, combina-se uma maneira de pagamento e o prazo é o mesmo.

O sistema pede sua senha Gov.br, esse é um cadastro usado para entrar em qualquer plataforma do Governo Federal.

Caso ainda não tenha essa conta, faça o seguinte:

  1. Acesse o site Gov.br
  2. Digite o CPF
  3. Preencha todo formulário online
  4. Faça uma senha com no mínimo 8 caracteres (símbolos, letras, números)
  5. Se você fizer a validação facial, utilizando o celular, seu nível já será prata (o exigido para resgatar os valores).

Essa é outra condição para utilizar o serviço, antes de seguir para consulta, vale criar seu acesso no Gov.br e agilizar o processo.

O Banco Central promete pagar todas as quantias, de centavos a milhares de reais, porém, não vai avisar as pessoas.

Vale reforçar, não espere ligações, mensagens eletrônicas ou cartas!

Vá ao site oficial, mencionado aqui e verifique se você tem direito aos Valores a Receber do Banco Central!

Gostou do artigo? Confira mais conteúdos no nosso blog!

Compartilhe com seus amigos e familiares: